imgimg
Renata Silveira se torna primeira mulher a narrar Copa do Mundo na TV aberta

Renata Silveira se torna primeira mulher a narrar Copa do Mundo na TV aberta

Por Redação do ge — Rio de Janeiro 

Renata Silveira, narradora da TV Globo na Copa do Mundo — Foto: Reprodução / TV Globo 

 

Carioca de 33 anos entra para história com narração de Dinamarca x Tunísia na TV Globo 

 

Renata Silveira se tornou a primeira mulher a narrar um jogo de Copa do Mundo na TV aberta. Nesta terça-feira, a carioca de 33 anos foi responsável pela narração de Dinamarca x Tunísia na TV Globo. Foi a sexta partida do Mundial disputado no Catar. 

 

Formada em educação física com pós-graduação em jornalismo esportivo, Renata começou a carreira na narração ao vencer em 2014 um concurso da Rádio Globo. Como prêmio, narrou os jogos Uruguai x Costa Rica e Croácia x México, pela Copa do Mundo. Estreou na televisão ao ser selecionada pela Fox Sports para narrar jogos da Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Entre eles, Brasil x Suíça, Brasil x Bélgica (a eliminação da Seleção) e a final França x Croácia. 

Em dezembro de 2020, foi contratada pela TV Globo, sendo a primeira narradora da história da empresa. Desde então, acumula transmissões tanto na TV aberta quanto na fechada, com direito a estreia no futebol masculino em abril deste ano, na narração de Ceilândia x Botafogo, pela terceira fase da Copa do Brasil.